Os desejos devem obedecer à razão

Os desejos devem obedecer à razão.
(Cícero)