Opor a beleza à desarmonia do mundo

Nenhum sacrifício é bastante quando se trata de opor a beleza à desarmonia do mundo.

(Thomas Mann, escritor alemão)