As consequências das próprias decisões

A liberdade, ao fim e ao cabo, não é senão a capacidade de viver com as consequências das próprias decisões.

(James Mullen)