Aqueles a quem amamos têm todos os direitos sobre nós

Aqueles a quem amamos têm todos os direitos sobre nós, até o de deixarem de nos amar.
(Romain Rolland -Prémio Nobel da Literatura em 1915)