A sua canção sem fim

Como um mar, ao redor da soleada ilha da vida, a morte canta noite e dia a sua canção sem fim.

(Tagore)